sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Devo me preocupar?

Marina gosta do filme Procurando Nemo. Demorou para parar diante de um filme, mas eis que chegou o tempo. Se bem que nunca investimos muito nisso.
Enfim, ela gosta, conhece os personagens e até decorou algumas falas, que inclusive usa no dia-a-dia em situações muito pertinentes.
Por esses dias ouvi essa conversa entre ela e o pai:
- Quem é você? perguntou o Paulo
- Eu sou a tataruga
- E eu?
- Você é o Nemo
- E a mamãe?
- O TUBARÃÃÃÃÃÃO
tu tu tu tu tu tu

4 comentários:

Savana disse...

AHIUHAoiuHAouiHAuiHAouiHAuiHAOiuhiua... Ué, no que será que ela se baseou para dizer isso? Hehehe. Vc virou vegetariana igual ao Bruce? =)

Paulo Caldas disse...

que graaaaça!!! mamãe se acha a braba da casa. só por q marina, pelo fato de eu passar o dia com ela, me toma como compadre, me morde e grita comigo. o pior: eu caio na risada.
quando é com mamãe, mamãe faz cara de braba, se pocando de rir por dentro.
tubarão do paraguai, tubarão de água doce, tubarão de riacho!

Patrícia Gomes disse...

O pior não é o que ela diz, mas COMO! Arregala os olhos, mostra as garras e os dentes e engrossa a voz. Ou seja: não é um tubarão amigo.

Stéfany Caldas disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Acho que é nesse sentido que o tio disse mesmo. O nemo é o inocente da história, mesmo que se meta em furada é sem querer, a tartaruga é zeeen pra caramba, e o tubarão é o acaba brincadeira! kkkkkkkk "Oii, meu nome é Bruce!"

Ps: Tenho um pai de quase 50 anos que se viciou nesse filme e inclusive tb decorou algumas falas e as repete durante o dia. Devo me preocupar? kkkkkkkkkkkkk