terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

E as aulas recomeçaram! EM NOVA ESCOLA


Quem quiser analisar meu perfil materno-mãe-de-estudante* vá ao marcador ESCOLA e fique à vontade.
Novidade 1: escola nova, escolhida porque não tem condicionador de ar na sala #simplesassim.
Novidade 2: no mesmo dia Marina iniciou o balé. Eu pretendia ir a ambos, mas o encerramento de uma atividade no trabalho me impediu :-( 

Carinha de tristeza nada a imagem mais próxima da realidade é esta
Enfim, achei que minimizaria minha angústia se ela mesma escolhesse a qual escola gostaria que eu fosse e - graças a Deus - optou pela escola, que é à tarde.

O espaço coletivo da escola
Conversei calma, tranquila e demoradamente com a coordenadora, que tirou-me todas as dúvidas, ouviu-me e dispôs-se a conversarmos sempre que eu quisesse e sentisse necessidade.
Logicamente não passa pela cabeça dela o que significa dizer isso a mim, mas de qualquer forma sinto que a energia ali foi muito boa e saí de lá tranquila.
Marina, como sempre, já foi chegando, sentando, interagindo. Só achei estranho que à noite, quando perguntei por seu dia só disse o nome da professora. E ponto. Tentei puxar assunto, mais respostas. Mas ela é assim mesmo "um ponto é um ponto" e não três. 
Sobre o balé falou o nome dos passos, demonstrou, disse que irá outro dia, que haverá festa de Carnaval e participará, tudo isso numa animação só.
Não estou pensando que tenha-se aborrecido, pois teria nos contato, pode estar sentindo saudades d@s coleguinhas antigos, a questão da ambientação mesmo. De toda forma, estou atenta.
Hoje Paulo teve um painel a fazer e não a levou. A secretária telefonou-me em nome da coordenadora para saber o que havia acontecido, ratificando que esta semana é muito importante e tals. Mais um ponto.

E aí está o cantinho que gosto mais: o parquinho de areia (só faz sombra após as 16h rsrs mas tudo bem). "Areia higienizada com cloro x vezes por mês" como disse a secretária a primeira vez que estivemos lá e falei, admirada "Tem areia!". 


Os brinquedos poderiam ser em madeira, mas é uma escola e não o Paraíso, Ok?


Um comentário:

Patrícia Gomes disse...

Esqueci de dizer: as cores do texto ficaram por conta da Marina, bem como a escolha do coração partido.