segunda-feira, 10 de outubro de 2011

MÃO NA BOCA – ALGUÉM TEM UMA SUGESTÃO?

Além da mão
Já ouvi muita gente contando que quando teve o segundo filho o primeiro passou a imitar bebê. Não tenho o segundo, mas Marina está nessa de (não) falar como bebê, chorar como bebê, pedir “coinho” e, principalmente, colocar a mão na boca. Sim, a mão. Mão não é dedo. Qualquer parte da mão, vários dedos, mas sempre há algo naquela boquinha.
Imagiiiiina se isso me estresso com isso? Calaaaaaaro! Não com ela, pois já vi que o “Tira a mão da boca, Marina“ não adianta de nada. Fico olhando, tentando estratégias, conversando, pedindo, mas nada adianta. E eu, maluca, com medo de fungo, bactéria, lombriga. Até já mostrei uma lombriga para ela na Internet, mas é tão feio que jurei nunca mais repetir! 
Coincidência ou não, isso aconteceu depois que tiramos a chupeta. Pensei que passasse depois de uns quinze dias, mas já estamos há meses de distância – e nada! 
Se alguém tiver uma sugestão, conselho, oração, simpatia, qualquer coisa que mude isso...serei muitíssimo grata.

Um comentário:

- Futura mãmã ! disse...

Oi...
Ela sente falta da chupetinha por isso qualquer coisa mete na boca pa sentir algo que lhe foi retirar... rsrsrs

Isso com o tempo passa...chame sua atençao que nao pode, que faz mal, bichinho na boquinha e na barriguinha, que pode ficar doente e ir para ao hospital sem a mamae e o pai por perto...meta medooo com palavras como essas rsrs !

Boa sorteeee e nao stress faz parte!

Me visite e se gostar torne-se seguidora e comente..obrigado

Futura mama