terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Valeu, Bee - agora sou uma OBESA

Daqui

Quando minha amiga e colega de trabalho, Bee (Cintia, para os demais), estava em SEU último mês de gestação era um tal de sair do almoço e cair de boca numa torteletezinha ou trufinha ou surpresinha de uva. À tarde, outro ataque de fome e eu, solidária, às vezes não conseguia demovê-la da ideia e ainda ia junto.
Resultado: Bee teve uma menina linnnnnda e na primeira semana de amamentação perdeu 10 Kg. EU, que não tenho a quem amamentar, ganhei 3 quilos. De 54 para 57. Emagrecer, que nunca havia sido um drama para mim, agora já me faz pensar que sou vítima de um encosto e tenho mais é que ir a um terreiro de macumba para me livrar desse quilos.
Em novembro fui para a academia. Perdi nada de peso, mas ganhei em resistência, noites bem dormidas e maior disposição durante o dia. Chegou dezembro e o trabalho me obrigou a passar um mês longe da malhação. Trabalhava até tarde, caía de cansada, não me alimentei mal nesse período, tampouco fiz regime. Em janeiro vieram as férias (UHU!) 1 Kg a mais. 3 semanas e um quilo, em matemática simples eu estava 4Kg acima do peso.
Retornei ao trabalho e à academia, 5 dias por semana agora, afinal é devagar q se vai ao longe (estou fazando dos quilos!). Não perdi NADA! E não estou comendo mais do que antes (só que o Paulo agora vive cozinhando com creme de leite, bacon...será!?)
Ainda em dezembro acompanhei Paulo a uma endocrinologista e comentei sobre essa minha dificuldade em perder os (ainda) 3Kg. Ela já havia sido minha médica anos atrás. Ela, que se parece com a rainha do filme Nárnia, consultou o computador e disse: "Você está com menos peso do que quando me procurou há unsssss 6 snos? Deixa eu ver....é, você ta entrando nos enta, neh?" Daí se debruçou sobre sua escrivaninha em seu consultório bem decorado e me olhou "E pode observar que a gordura se acumula na região da barriga, né? É da idade" Fiquei chocada! Agora tenho que ser uma velha-gorda-conformada!? Putz, era só dizer: "Liga não, boba, continua malhando, melhora a dieta e cai de cara no chá verde" Custava? Sim, claro, ela é a bruxa de Nárnia dâââ!
Aí ontem fui a um nutrólogo, mais uma vez acompanhando meu amor magrinho, com medo que esteja desnutrido e tals. Entramos juntos, falei de mim, e o médico, depois de algumas perguntas a lá bate-bola "É, pela sua altura vc deveria estar com 52 SARAAAADA" Sim, em negrito e me olhando por cima dos óculos. Daí passou para o maridão e quando soube que meu amor não tem estômago pq escapou de um câncer virou fã dele. Viu seus exames, sempre repetindo que ele era um milagre, que era a primeira vez que conhecia alguém que escapou desse tipo de câncer, e que ele estava ótimo, que só voltasse lá se sentisse alguma tontura ou cansaço demasiado. Quando nos despedimos "Você tá ótimo, Paulo, quanto à sua esposa, a gente vai resolver isso".
Que ótimo! Eu, que antes estava acima do peso agora sou obesa - ou um problema a ser resolvido. Passou uma tuia de exames e um testezinho que consistia em subir numa balança ultramoderna que dizia o % de água/massa muscular/gordura/osso no meu corpo. Pelo menos tenho mais massa muscular do que gordura. Essa subida me custou R$ 35,00. Ah sim, antes disso, a auxiliar me disse, bem delicada e gentil "Senhora, por favor, levante a blusa um pouquinho que preciso medir a circunferência da sua barriga" Eu "De verdade? Você quer que eu fique sem blusa e sem prender a respiração? Sinto muito, você vai ter que bater na minha cara uma três vezes pra conseguir isso" Ela achou que fosse brincadeira e quando viu que eu não conseguia mesmo atacou "Vamos, inspire, expire, inpire, expire..." Valeu pelas tapas e fez lá a medição, que eu não procurei saber quanto é - calaro!
Neste momento estou na sala de espera do hospital esperando leito para meu amor, que passar por uma cirurgia "simples" no fim da tarde. Trouxe: 3 colheres de pó para fazer o shake, óleo de coco e já sei onde é a lanchonete. Será meu almoço.
Minha querida Bee, se eu soubesse que seria tão difícil tinha me oferecido p/ amamentar a Clarissa :-) (Acho que me ofereci, foi naum?) Beijos e saudades de você, Amore! (Pensou que eu diria q não teria comido nada, neh, bobinha? Teria sim, faria tudo de novo, pois tivemos ótimos momentos regados a calorias nefastas)
Nota: a falta de foto não é proposital, é que estou usando o notebook de minhas sobrinhas e aqui não há foto minha recente :-(

5 comentários:

Futura mãmã disse...

Ent vamos nisso...continua malhando e se alimentando saudavel...bj

Cintia Fernandes disse...

me acabei de rir... kkkkk pois trata de emagrecer logo esses 4kg que daqui a pouco vem outro baby por aí. huahuahua.
deus me livre comer tanto qt comi nessa gfestação. to sofrendo tbm p perder. emagreci 10kg na primeira semana e parece q foi só. kkkk
ah, paulo fazendo comida com creme de leite??? hummmm oq houveee? kkk

sheR disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Sério, você está otima em seu peso/idade proporcional...
Agora cho melhor procurar um terapeuta, pois todos esses médicos te ofenderam de uma forma PROFUNDA!!!
E isso tem danos enoooormes
kkkkkkkkkkkkkkkkk
bjO

Stéfany disse...

Menina, ri muito com teu texto! Que resenha! (Não a tua dificuldade de perder esses quilinhos malditos, mas como vc descreve isso).
Fiquei pensando: Será que vc não está tendo dificuldade justamente pq quer perde-los? Explicando melhor: Sinceramente, acho que deve existir alguma espécie de hormônio ou seja lá o que for, que quando a gente pensa em dieta, a vontade de atacar um pratão de brigadeiro aumenta. Pq será que nas férias, onde a gente encontra mais espaço pra elaborar um cardápio mais nutritivo, a gente faz o contrário? Parece que com uma rotina puxada, a gente divide melhor os horários e aproveita aquele tempo reservado p/ fazer uma refeição, dentro do possivel, mais equilibrada com relaçao as necessidades do nosso corpo. Tomo isso me usando como exemplo. Na época em que estou trabalho - faculdade - esporte, tento usar o tempo disponivel p/ me alimentar devidamente. Agora, no periodo de ferias, é um tal de gratina isso, acrescenta molho... kkkk.
Ó, presta atenção na alimentação, mas sem grandes paranoias! E não, vc não está obesa! bjo

Patrícia Gomes disse...

Meninas, obrigado por me pouparem 4 sessões de psicoterapia :-) Tetéu, esse hormônio deve ser vdd sim, mas como estou malhando acho que estou trocando gordura por massa muscular (esse pensamento é parte da minha autoestima elevada, percebeu, neh).
Bee, ele quer detonar o trabalho da minha personal kkkkk
sheR, posso classificar como assédio, neh naum? :-)
Bjus em todas e na barriga da Mãmã